Saulo Gomes foi o repórter responsável pela matéria sobre o Maníaco do Parque, exibida no programa Ratinho Livre, que garantiu à TV Record audiência de 38 pontos contra 16 da TV Globo.

Os crimes começaram em 1998. Francisco abordava suas vítimas no Parque Ibirapuera, na Zona Sul da capital paulista, onde patinava. Era conhecido como “Chico Estrela”. Sedutor, convencia as garotas, com idades entre 17 e 27 anos, dizendo que estava a procura de modelos para um catálogo de produtos de beleza. Segundo o Ministério Público (MP), as mulheres assassinadas caíram nessa conversa, as garotas não tinham ideia de que seriam obrigadas a se despir e depois acabariam esganadas e violentadas pelo falso fotógrafo, no Parque do Estado.




Retrato falado de Francisco de Assis Pereira – Maníaco do Parque



Saulo Gomes recuperou os pertences de Francisco de Assis Pereira – o Maníaco do Parque – no seu esconderijo, na cidade de Amambai-MS








Saulo, no DEIC, aguardando o encontro de Francisco com a mãe, Maria Helena – para o Programa Ratinho Livre.



Saulo entrevista Delegado do DEIC para o Programa Ratinho Livre



Preso há 20 anos, Francisco de Assis Pereira – Maníaco do Parque, deverá ser solto em agosto de 2028. Mesmo condenado a mais de 280 anos de prisão por matar sete mulheres e estuprar e roubar outras nove, Francisco de Assis Pereira poderá de ser solto antes dessa data. Pela lei brasileira, ninguém pode ficar mais de 30 anos na cadeia. Francisco está detido desde 4 de agosto de 1998. Naquele mesmo ano, ele atacou suas 16 vítimas no Parque do Estado, Zona Sul da capital paulista.





Encontro do Maníaco do Parque com seus pais- 1998 – Programa Ratinho Livre