Em 1981, Hosmany foi preso no Paraguai, após roubar um avião e matar o piloto. Fizemos a matéria exclusiva para o programa "Povo na TV" - SBT-SP.
“A trajetória de Hosmany Ramos” – Isto é Independente

Saulo entrevista Hosmany no gabinete do chefe de polícia, em Assunção-Paraguai.

Hosmany – da prisão aos dias atuais


Durante os anos 70, Hosmany tinha grande prestígio na área médica, atendia em dois consultórios próprios e era assistente de Ivo Pitanguy. Certo dia roubou um avião, em Maricá-RJ, adulterou o prefixo do avião e com ele fugiu para o Paraguai, pousou na pista de uma fazenda, nas proximidades do Lago Azul de Ipacaraí, Assunção-Paraguai. Matou o piloto “Lobinho”, natural de Dourados-MS. Preso no Paraguai, foi deportado para o Brasil.


Hosmany fez plástica, pintou os cabelos e se vestiu de piloto para driblar a polícia.



Depois de 36 anos de cadeia, Hosmany está refazendo sua vida, trabalha em clínica própria e está em fase de finalização de seu novo livro.